Setembro, 2019
DSTQQSS
1 2 3 45 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30      
       
Legenda
  • 1
    Múltiplos Eventos
  • 2
    Todos os eventos

UFV Forest Insight 2019

Inscrever-se

O evento FOREST INSIGHT UFV é uma iniciativa anual, do programa SIF Startup Connection da Sociedade de Investigações Florestais (SIF) e suas empresas associadas.

O evento visa conhecer ideias e produtos inovadores, ligados ao setor florestal, sobretudo no tocante às áreas correlatas:

🔸Ambiência; 
🔸Manejo Florestal;
🔸Silvicultura;
🔸Tecnologia da madeira.

A intenção é que equipes multidisciplinares possam contribuir com soluções técnicas e economicamente viáveis. Além disso, as ideias devem possuir potencial de mercado e alta carga de INOVAÇÃO TECNOLÓGICA!

FUNCIONA ASSIM: 
1. Sua equipe (ou apenas você) tem uma ideia, produto ou startup em uma das áreas de interesse do evento;
2. Como vocês têm o espírito empreendedor, não perderão tempo e irão se inscrever o quanto antes no evento;
3. A organização do FOREST INSIGHT UFV 2019 vai selecionar as melhores equipes para uma etapa de ACELERAÇÃO, na qual serão desenvolvidos o business plan e o pitch;
4. As equipes apresentarão o pitch para uma banca formada por representantes das maiores empresas (compradores de ideias) do setor florestal e PODEM sair de lá com uma excelente parceria ou financiamento!

Para o evento FOREST INSIGHT UFV 2019, os seguintes desafios poderão ser contemplados na elaboração da ideia e/ou startup:

Climatologia:
🔸Monitoramento de condições agroclimáticas, visando tomar decisões mais seguras, minimizando riscos das operações de campo;

Tecnologia da madeira:
🔸Medição simples e efetiva de umidade da madeira roliça;
🔸Medição simples e efetivas da densidade seca da madeira que entra na fábrica;

Processos:
🔸Detecção de pedras e metais nas pilhas de madeira em campo;

Manejo Florestal:
🔸Medição de altura e volume de maneira digital;
🔸Medição de pilha de carvão por foto;
🔸Medição de pilha de madeira por foto;
🔸Otimização do planejamento de estradas florestais, considerando restrições de declividade, custos de estradas e colheita. Dados de entrada: modelo digital do terreno a partir de levantamento lidar, dados de custos e restrições operacionais;

Silvicultura:
🔸Destinação dar aos resíduos florestais (galhos e folhas) que ficam no campo;
🔸Soluções viáveis de reaproveitamento de resíduos florestais.
🔸Monitoramento de deficiência nutricional, pragas e doenças por foto aérea;
🔸Levantamento de sobrevivência de plantios por foto;
🔸Monitoramento de mato-competição por foto;
🔸Detecção de áreas com déficit hídrico por foto;
🔸Equipamento que identifique a plantas de Eucalyptus e Pinus no campo com necessidade de irrigação e aplicação de herbicida;
🔸Método ou equipamento para análise de DNA (marcadores moleculares) em tempo real;

Proteção Florestal:

🔸Métodos ou produtos para controle de psilídeo de concha;
🔸Métodos ou produtos para controle de percevejo bronzeado;
🔸Controle Biológico de Formigas Cortadeiras

Outros:

🔸Transmissão de dados no campo: novas tecnologias a fim de fazer a cobertura de dados nas áreas florestais (comunicação máquina-máquina);
🔸Internet das coisas: sensores de umidade e outras características do solo, sensores de temperatura, pluviometria, etc;
🔸Conectividade: Conectividade no campo, interligando maquinas, coletores, controladores de vazão, online em uma sala de controle;

OBS: Produtos ou ideias além do escopo acima poderão ser selecionadas para as fases subsequentes desde que possam contribuir com soluções viáveis técnica e economicamente para o setor florestal, com potencial de mercado e com alta carga de INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

Datas:

O evento começa com o período de inscrições de ideias e startups entre os dias 08/05 a 23/06.

No dia 01/07 serão divulgadas as ideias e startups selecionadas pelos organizadores do evento.

A etapa seguinte é a fase de aceleração das ideias e startups selecionadas que acontecerá entre os dias 08/07 a 31/07.

E por fim, o “Demo Day” que é a apresentação das propostas desenvolvidas para os examinadores (compradores de ideias) das principais empresas florestais do país.